Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

Perfil Fábio Seixas, 38, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva

Perfil completo

O grid de 2013

Por Fábio Seixas
17/10/12 10:13

Apenas 4 das 12 equipes fecharam suas duplas para o ano que vem: Red Bull, Ferrari, McLaren e Mercedes.

Atendendo a pedidos, segue aqui um resumo da situação atual do grid, com apostas e comentários do blogueiro:

RED BULL
Vettel e Webber
Será o último ano da dupla por lá. Em 2014, no mínimo um deles estará fora: Webber, pendurando o capacete. E se os rumores estiverem certos, Vettel também estará longe…

FERRARI
Alonso e Massa
Para Alonso, será mais um ano com toda a equipe ao seu redor, na busca pelo título. Massa terá um 2013 parecido com 2012: escudeiro e ouvindo rumores sobre sua saída do time.

MCLAREN
Button e Pérez
Um mix interessante. Campeão pela Brawn, Button terá mais uma chance de liderar uma equipe. E Pérez revelará que tipo de piloto é.

MERCEDES
Hamilton e Rosberg
Outro mix que será bacana de acompanhar. Hamilton vai querer chegar chegando, mas Rosberg não deve estar disposto a ceder espaço. Aposto que vai sair faísca.

LOTUS
Raikkonen e Grosjean
Ou a Lotus descobre a pólvora ou Raikkonen fará um 2013 como 2012: digno de aplausos, mas sem lutar pelo título. Apoiado pela Total, Grosjean deve ficar. Mas será a última chance.

SAUBER
Hulkenberg e Gutierrez
O mexicano chegaria com apoio da Telmex, que já anunciou sua permanência na equipe. É bom, mas não é Pérez. Já Hulkenberg continuaria sua batalha por um merecido lugar ao sol

FORCE INDIA
Di Resta e ?
Embora ainda não tenha sido confirmado, o escocês deve ficar por lá. Entre os nomes citados para a outra vaga, Sutil, Alguersuari e Razia, nessa ordem de favoritismo.

WILLIAMS
Maldonado e Bottas
“Money talks”, diz o ditado. Isso explica a permanência de Maldonado, apesar das confusões. Bottas chegaria por um caminho mais político: é a aposta de Wolff, sócio do time  

TORO ROSSO
Ricciardo e Vergne
O maior trunfo dos dois para ficar não é o que fizeram na Toro Rosso, mas a necessidade que a Red Bull terá de preencher vagas em 2014. Dispensá-los agora seria surpreendente

CATERHAM
Kovalainen e Bruno
O contrato do finlandês deve ser renovado, por interesse mútuo. Petrov deve perder a vaga, e Bruno surge como o mais forte candidato. Um retrocesso para ele, sim. Mas poderia ser pior

MARUSSIA
? e ?
Talvez Glock e Pic saiam. Talvez ambos fiquem _acho até que o alemão se segura. O único outro nome comentado por lá é o de Chilton, quarto colocado na GP2 nesta temporada.

HRT
? e ?
Quem não conseguir nada melhor e pagar mais, leva. Deve ser a última equipe a definir as vagas. E não fará a menor diferença.

  • Comentários
  • Facebook

157 comentários feitos no blog

  1. Bullitt Kowalski comentou em 20/10/12 at 19:10

    E o Kobayashi?

  2. joel belmonte fialho comentou em 20/10/12 at 19:00

    Parece incrivel,mais uma vez Bruno Senna vai ficar sem assento p/2o13 apesar que Eike Batista pode bancar mais uma temporada , este ano Senna não decepcionou, Eike é um bilionário que tem uma visão futurista, a propaganda que Bruno fez pelo mundo a fora nas corridas F1 para as empresas de Eike , por este motivo que tenho certeza: vai haver uma solução para o caso de Bruno Senna , varias provas ele sobresaiu-se muito bem tanto que esta a 8 pontos de Maldonado.
    Apesar que a sombra de Voltaire Bottas esta no encalce da FW34 , sendo pupilo de Toto Wolf , alias até a esposa dele esta fazendo teste F.Williams , bom este tal de Toto é um visionário ou vai arrebentar a fabrica Williams o que Franck não irá permitir , sendo sócio ou não Sir Williams tem uma forma de ver este assuntos de jeito todo especial pode crer , tá na hora de rever estes e outros conceitos, uma vez que o assento do FW tem peso em U$ dolares, e o tal Bottas é uma aposta de Toto , que não pode se esforçar e abrir mão do dinheiro de Eike . afinal os dois estão botando muito dinheiro na equipe, e o projeto deste ano ficou a desejar não concordam

  3. Romeryto Lira comentou em 20/10/12 at 14:59

    Fábio, não vi no post nenhum comentário relativo ao mito, Kobayashi. Mesmo com o pódio desse ano será que ele não teria nenhuma chance nas outras equipes?

    Ele é melhor do que muito piloto cotado pro ano que vem…

  4. Vinícius Fernandes comentou em 20/10/12 at 12:55

    kkkkkkkkkkkkkk

    HRT: ? e ? – e não fará a menor diferença…muito boa!!!!!! Mas não fará mesmo! P.S.: Se eu tivesse um trocado, correria uma temporada de F1 para ver como era.

  5. Maxwell comentou em 19/10/12 at 10:53

    Fábio, o meio político da F1 explica o fato de um piloto como Sutil estar fora do grid?
    Na minha opinião, ele seria um piloto melhor para a Mc Laren do que o Peres.

    • Fábio Seixas comentou em 19/10/12 at 14:44

      Não sei se seria melhor do que o Pérez. Mas ele tem competência para estar na F-1.
      Abs

    • joel belmonte fialho comentou em 20/10/12 at 19:11

      Maxwell, o carater de Sutil , botou abaixo
      toda sua personalidade, de um momento para o outro revelou-se um baita mal
      carater, bebedeira, e agressão com um sócio lotus LUX , este caso é tão sério quanto caso Nelsinho Piquet , não acham.
      Por este motivo esta longe das pistas ! para não piorar mais a vida de outras pessoas , e vai ficar dificil para retornar ao circo , por mais que pense , quem ira arriscar sua equipe ou dirigentes com este cidadão como sutil ?

  6. Side Show Bob comentou em 19/10/12 at 8:42

    E a Force India, continuará se chamando assim ou algum grupo vai assumir e mudar tudo?

    • Fábio Seixas comentou em 19/10/12 at 9:02

      Tá cada vez mais parecendo que será vendida…

    • Thiago Pomkerner comentou em 19/10/12 at 10:56

      Vamo comprá?

      Fazemos um projeto, mandamos para o ministério do esporte, para o BNDES… fazemos uma vaquinha com as multinacionais brasileiras.. Rede Globo, Petrobras (gasolina Free).. entre outras interessadas.

      Veja o lado bom, se não der pra ser competitivo, pelo menos vamos ter uma temporada inteira de acesso livre ao paddock.

  7. Gustavo Lopes comentou em 18/10/12 at 22:22

    Se A renovação de pilotos da F1 ser feita por pilotos pagantes como o Gutierrez, daqui 10 anos a F1 estará morta. A Itália tem um campeão da GP2, e no ano que vem não terá nenhum piloto novamente.
    Como a F1 esta mais globalizada e com busca de novos mercados, apenas 24 vagas e pouco. Acho que a solução seria a venda chassis para que novas equipes entrasse na F1.

  8. edgard ribeiro comentou em 18/10/12 at 21:49

    já que nao estara na Williams em 2013, o Senna podia tentar uma Force India.

    • joel belmonte fialho comentou em 20/10/12 at 19:16

      Concordo Bruno Senna poderia junto Eike Batista buscar este assento , o que viria ao encontro de Viljay , que esta numa sinuca de bico , porque não???

  9. Thiago Pomkerner comentou em 18/10/12 at 16:47

    Fábio, fiz um retrato da corrida da Coreia em forma de gráfico. Não mandei para o seu email pra não ficar te enchendo de gráficos, então vou colocar direto aqui.
    Cada um que tire suas conclusões.

    http://i1270.photobucket.com/albums/jj610/pomkerner/Image1.jpg

    • Fábio Seixas comentou em 19/10/12 at 9:18

      Ótimo!
      Abs

    • RENE FERNANDES comentou em 19/10/12 at 12:31

      Perfeito e explicativo!

    • Alberto comentou em 20/10/12 at 20:40

      Muito bom gráfico!
      O carro do Alonso parece ter perdido rendimento ou estava melhor acertado quando estava pesado

  10. Racing Fan comentou em 18/10/12 at 16:43

    Na questão da Toro Rosso, acho que nem Riciardo, nem Vergne tem quaisquer condições para ser piloto Red Bull. Nenhum vai ter algum dia o braço necessário para um carro RB. Qualquer um deles na RB é apenas boato. Acho que é aí que pode abrir uma janela para Razia correr este ano na Toro Rosso, brilhar, e em 2014 substituir Webber na Red Bull. Talvez saia Ricciardo. Teve menos pontos e ficou muitas vezes atrás de Vergne durante a temporada. A dupla da Toro Rosso pode ser em 2013 Razia/Vergne. O tempo está passando para a RB e a equipe precisa realmente ter um plano para a eventual, pouco provável, saída de Vettel e a quase certa sáída de Webber. Grande chance para Razia na Toro Rosso este ano. É só um chute.

    • Hugo Prado comentou em 20/10/12 at 2:03

      Concordo em parte no caso do brasileiro Luiz Razia ocupar uma vaga na Toro Rosso. Motivo: ele correu na GP2 pela equipe Arden, de propriedade do Christian Horner, chefe da RedBull.
      O francês estreante Jean-Eric Vergne quase sempre está ficando no Q1, apesar de ter mais pontos que o australiano Daniel Ricciardo. Acredito que o australiano continue por ter um pouco mais de experiência que seu companheiro. Mas nenhum dos dois atuais pilotos da STR estão em condições de serem titulares da RBR em 2014.
      Acredito que em 2013 a dupla da Toro Rosso seja D. Ricciardo / Luiz Razia.

    • joel belmonte fialho comentou em 20/10/12 at 19:18

      Luiz Razia , seria uma grande surpresa .

  11. Digao comentou em 18/10/12 at 15:34

    Sinceramente não entendo essa comoção toda em torno do Razia. Tanto ele quanto o Valsecchi são pilotos no máximo MEDIANOS, que se aproveitaram de um dos grids mais fracos da historia da Gp2 e também dos trocentos anos de experiência na categoria.

    Primeiro de tudo, o Razia não vai pra STR porque ele não é piloto do programa da red bull, e segundo, porque seria uma burrice tirar tanto o Vergne ou o Ricciardo, que sao melhores que ele.

    • David comentou em 18/10/12 at 16:53

      Concordo…

      O Razia e o Valsecchi estavam em sua 4a. temporada de GP2, ou seja, os caras já estavam fazendo hora extra… por isso que o Esteban Gutierrez é quem vai ficar com a vaga na Sauber, o cara ta trazendo dinheiro e também mostrou talento em ficando em 3o. em sua segunda temporada… exatamente atras dos dois “veteranos” de GP2, outros pilotos chegaram a F1 também preterindo veteranos campeões, Perez, Senna, Kovalainen, Piquet Jr

      Aliás, a GP2 começou tão bem, mas hoje em dia os campeões são caras com 4 anos ou mais, com exceção do Rosberg, Hamilton e do Hulkenberg todos os demais campeões eram “veteranos” o que explicita os pessimos pilotos que temos no grid hoje em dia…

      Maldonado – 4 anos de GP2
      Grosjean – 4 anos de GP2
      Glock – 2 anos de GP2 mas antes de ser campeão andou de F1 e Champcar por temporadas completas
      Giorgio Pantano – 7 anos – 3 de F3000 e 4 de GP2 com temporada completa de F1 e de Champcar intercalando
      Lucas di Grassi – 4 anos de GP2 e jamais ganhou a taça assim como Razia

      Valsecchi e Razia hoje não tem mercado na F1 competitiva, se pagarem o suficiente podem cavar uma vaguinha de 1 ano na Marussia ou na HRT…

    • Alberto comentou em 20/10/12 at 20:39

      O dia que o Razia for a esperança Brasileira estaremos enrolados

  12. andre comentou em 18/10/12 at 15:28

    Fábio, o que vc acha do rumor que o carro do Massa na coreia estava com um escapamento diferente para testes e por isso estava com melhor rendimento que o Alonso para não arriscar de o Alonso perder mais pontos??

  13. Thiago Pomkerner comentou em 18/10/12 at 15:20

    NOTA OFICIAL DA FERRARI – 18/10/2012 15h10m

    A decisão de prorrogar o contrato com Felipe Massa por mais uma temporada foi cuidadosamente ponderado e não apenas o óbvio. Nem era inevitável por causa da falta de alternativas, nem era de qualquer maneira guiada pelos desejos de seu atual companheiro de equipe, porque a Ferrari escolhe sozinha seus pilotos. Muitos bateram nas portas de Maranello, algum foram considerados, mas, no fim, uma conclusão lógica prevaleceu: não há ninguém melhor do que Felipe de entregar ‘hic et nunc’ (aqui e agora) a velocidade, talento e capacidade de trabalhar para o bem da equipe. A carreira do brasileiro exibe essas qualidades como o fato de que a harmonia reina no seio da equipe, que é unida e solidária, mesmo nos momentos mais difíceis. Os fãs dos Reds sabem a razão: algumas decisões são feitas única e exclusivamente para o bem da Ferrari. O resto é tudo conversa fiada.

    • Thiago Pomkerner comentou em 18/10/12 at 15:21

      Um claro recado ao Alonso.

      • samile comentou em 19/10/12 at 20:56

        com certeza… de que para continuar mandando fora da pista (ou seja, não sendo segundo no lugar do Massa) tem que continuar mandando dentro…

  14. Marcello comentou em 18/10/12 at 15:17

    por incrivel que pareça ,nao pode aparecer Bruno a Indian ,e uma equipe que precisara de grana ano que vem, e seria uma boa pra ele tb

    • David comentou em 18/10/12 at 17:02

      O Bruno tomou varias decisões questionaveis em sua carreira por falta de um empresario que entenda do assunto…

      Ele teve proposta para pilotar a Toro Rosso em 2009 apos o Rubinho ter puxado o tapete dele na Honda/Brawn mas preferiu ser piloto de testes…

      No final de 2009 a Force India ofereceu um cockpit pra ele, só que ele precisava trazer grana pra equipe, ele preferiu a Hispania e todo mundo viu no que deu…

      Agora nesta temporada ele precisa acertar na escolha, o melhor seria permanecer na Williams, mas o Wolff tá pressionando para colocar o Bottas, caso ele tenha que sair mesmo eu também torceria para ele ir para a Force India, pois é uma equipe que da espaço pra seus pilotos trabalharem e também que tem um desenvolvimento mais constante… é só observar que nestas ultimas provas da temporada, enquanto Williams esta caindo, a Force India mantém o mesmo folego do início da temporada com pelo menos 1 piloto no Q3 em todas as corridas se aproximando cada vez mais da Sauber e da Lotus em performance

      • samile comentou em 19/10/12 at 20:59

        vamos ver até onde o patrocínio do Bruno pode ir para conseguir um assento para ele…

  15. David comentou em 18/10/12 at 14:29

    Fabio voce viu quem foi escalado pela Lotus paras os testes de Abu Dhabi ?

    Nicolas Prost, será um indicio de que estão em busca já do substituto do Grosjean ?

    O Prost jr pode não ser um pilotaço mas é o sobrenome Prost e isso já causa furor… com certeza teria apoio total e irrestrito da Renault e da Total… o que voce acha ?

    Ano passado eles supreenderam a todos com o Kimi Raikkonen…

Publicidade
Publicidade

Folha Shop