Fábio Seixas

Automobilismo e pitacos sobre tudo o mais

Perfil Fábio Seixas, 38, é jornalista com mestrado em Administração Esportiva

Perfil completo

Pioneiros

Por Fábio Seixas
25/02/12 15:16

Paludo e Nelsinho, no grid (Reprodução/Twitter)

Esses dois aí na foto ao lado fizeram um pouquinho de história ontem.

A pole de Miguel Paludo já seria algo inédito. Mas foi mais do que isso. Nelsinho largou em segundo. Uma primeira fila verde-e-amarela numa categoria da Nascar, a Truck Series.

A vitória ainda não veio. Mas passou perto.

Paludo liderou até a 47ª volta, recuperou a ponta na 55ª, caiu para segundo após uma bateria de pits, mas bateu a 17 voltas do fim, ao perder o controle do carro. Uma pena, mas acontece. 

Nelsinho, que chegou a liderar, terminou em 20º, após envolver-se num acidente com outros 10 pilotos no final da prova.

Foi só a abertura do campeonato. Parceiros na Turner, uma das boas equipes da categoria, Paludo e Nelsinho podem beliscar vitórias nesta temporada. E assim, um novo campo estará aberto para pilotos do país.

  • Comentários
  • Facebook

55 comentários feitos no blog

  1. Daniel Gutemberg comentou em 28/02/12 at 19:53

    Fábio, mudando um pouco de assunto mas continuando no EUA, tem alguma news do Rubens na Indy ???

  2. ALEXSANDRO comentou em 27/02/12 at 9:29

    Talvez o nelsinho ou o paludo vençam na nascar,mas ainda tem qu melhorar demais,nos comentários não vi nenhum que retratasse o que foi a corrida,falam da pole,das voltas na liderança mas não falam da hora decisiva,o final da corrida…paludo errou grotescamente,parecia um estreante e nelsinho na relargada caiu para vigésimo quarto e estava liderando,ou seja na hora de decidir estão dando mole sim….e a nascar é uma categoria chata sim,e muito chata,muitas vezes só há mudança de posições devido aos inúmeros toques e acidentes vide a ultima corrida,duas filas de carros lado a lado durante várias voltas até um deles fazer uma besteira e provocar outra bandeira amarela.

    • Jorge comentou em 22/04/12 at 14:29

      Alias, esse problema parece “crônico”, em relação ao Nelsinho…em todas as relargadas ele vai lá para trás.

  3. Allan comentou em 27/02/12 at 5:07

    Sem a equipe do papai é difícil ganhar alguma coisa não? As únicas vitorias q ele tem no automobilismo foram na equipe do papai…

    • Paulo Roberto Moura comentou em 27/02/12 at 13:00

      Um cara que faz o que ele fez, jogando o nome do pai dele na lama, não merece sequer ter audiência. Esse rapaz me enoja. O que o pai dele fez pela F1 foi maravilhoso e incrível. O Piquet era o cara que peitava. Coisa que Massa e Barrichello nunca fizeram. E que o próprio filho não fez. Alguém se lembra o que Piquet fazia com Mansell?? Esse era o cara!!! Abs

  4. fabio paz comentou em 27/02/12 at 1:00

    fabio seixas o que voce acha de raiza correndo gp2 por uma equipe que e um acesso direto para red bull sera que ele pode tomar lugar webber ser for campeao este ano na gp2.

  5. Super-Téo comentou em 26/02/12 at 22:56

    Nós, brasileiros, temos q aprender q a F1 É REGIDA POR CONTRATOS e q tem equipe, como a Ferrari, q tem 1º e 2º pilotos, motivo pelo qual Senna, convidado pelo comendador Enzo, Ñ ACEITOU o convite, pq o 1º piloto era Prost, q havia saido da MacLaren!
    Q Rubinho e Massa são bons, Ñ HÁ DÍVIDAS, mas FORAM CONTRATADOS, por mta grana, p/ serem 2º PILOTOS!!!! ALGUMA DÚVIDA???

  6. Murilo comentou em 26/02/12 at 15:47

    Esse Nelsinho tá é se achando. Dizer que quer ser o primeiro brasileiro campeão da Nascar?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Pilotos mais experientes que ele não conseguiram, quanto mais ele que é fraco mentalmente.
    Nelsinho, vai trabalhar na Autotrac com teu pai e livre-nos de sua ridicula presença.

  7. ANDRE DE ITU comentou em 26/02/12 at 12:58

    podem ate chegar a serem campeões…mas essa NASCAR é muito chata… oque dizer de uma categoria que ate ano passado(se eu não me engano) usava CARBURADOR !!!

    • André Flôres comentou em 26/02/12 at 13:49

      Caro amigo xará

      Vc está acometido de uma grave crise de desinformação e ignorância
      A NASCAR, e falo aqui das 3 categorias principais (Sprint Cup, Nationwide e Truck Series) utlilizava sim até ano passado carburadores… Mas o que talvez vc não saiba é que o nível de competitividade dela é altíssimo, nesse quesito coloca a fórmula 1 umas 10x no bolso…
      No qualifying, 43 carros se qualificam, sendo que a diferença de quem larga da pole para o último, muitas vezes não chega a 1s… Há disputas por posição o tempo todo, e ninguém abre passagem pra ninguém, nem entre companheiros de equipe…
      E outra, vc dificilmente ouvirá falar de politicagens e mutretas “made in F1″ por lá… Tudo é feito de forma, ainda que rudimentar, bastante clara e tem por objetivo o melhor espetáculo ao público, e muito mais… que eu passaria horas falando….
      Sugiro que acompanhe pelo menos uma corrida da categoria, pra aí sim vc emitir uma opinião a respeito, pois um post desse só pode ser fruto de ignorância e falta de conhecimento…

    • J.Augusto Fº comentou em 26/02/12 at 13:50

      O que dizer? Maravilha, mantém tradições e baixos custos, permitindo que muito possam participar e andar bem. Será que é por isso que é uma das maiores do mundo e com o maior público!?

    • Stefano comentou em 26/02/12 at 14:14

      Algum problema com carburador??? Eu sou fã deles….

    • Moy comentou em 26/02/12 at 15:21

      Pois é … Usava carburador, 4 pneus, 1 volante. Ah! E tb tinha um piloto dentro guiando.
      Estranho, né?

  8. Flavio Chiconello comentou em 26/02/12 at 11:35

    o Nelsinho é craque o problema na f1 foi ser segundo piloto do melhor piloto da f1 Fernando Alonso, mais vamos ser brasileiros, força Nelsinho e Paludo na Nascar, ja estamos fazendo estoria

  9. Ismael seixas comentou em 26/02/12 at 11:26

    Diante desta “nova geração de pilotos brasileiros “só me vem uma coisa na cabeça , gostava tanto de vc,gostava tanto de vc , Sena????????????????????????????

  10. Lucio BH comentou em 26/02/12 at 7:58

    é mas só pra lembrar que isto foi depois da austria, onde rubinho mete o pé no freio em cima da linha de chegada!

    Por mim a Ferrari já tinha de ser banida da F1 a muito tempo. Quanto ao Massa, só vai ser reconhecido se meter o pé na Ferrari e na Globo, ou seja, teria que sair mesmo ou vai perder o mesmo tempo que o Barrica na propria equipe fiat 147!

  11. Marcelo comentou em 26/02/12 at 6:31

    Ops…corrigindo, hipocrisía!!! Dedo no teclado falhou…

  12. Marcelo comentou em 26/02/12 at 6:27

    Sabem qual foi a conversa pelo rádio nesse GP da EUR 97?

    Mclaren:

    _Mikka P3, perto, David abra para Mikka passar na reta dos boxes.

    Repita por favor.

    _Abra para Mikka na reta dos boxes!

    Desculpe não entendi.

    (Nessa hora o chefe pega o microfone e dispara!!!)

    _David, aqui é R.Dennis, se vc não dx Mikka passar nessa volta, será DEMITIDO, ficou claro?

    Coulthard nem esperou a reta dos boxes…rs

    Williams:

    _Jacques, Hakkinen passou para P2, esta muito rápido, ajudou muito. Jacques, Hakkinen P2 ele quer ganhar(e O David não?), ele foi muito prestativo, lembre-se disso.

    _Última volta Jacques, Hakkinen esta bem atrás de vc! Não me decepcione, conversamos antes sobre isso. Hakkinen esta colado em vc, lembre-se ele foi prestativo!

    Em seguida Villeneuve deixa Mikka passar e vencer, e depois deixa também Couthard passar…barbaridade!

    Duas equipes se unirem para derrotar outra(caso da Ferrari), tenha dó, tacaram fogo na ética da F1. A equipe italiana esta sozinha na competição, tem razão de fazer o que bem entender dentro da equipe.

    • joel belmonte fialho comentou em 26/02/12 at 9:46

      Este fato aconteceu,a Ferrari mandou Massa segurar porque Alonso está mais rápido, entendeu , e Alonso venceu GP, ora hoje não precisa mais de um jogo de
      duas equipes apenas a Red Bull, bota a Ferrari no bolso , alias bi-campeã pilotos e construtores, o genial adrian é um projetista renomado, faz de um carro o protopico mais resistente e veloz ,muda de idéia o tempo da Ferrari já passou e do
      Massa também……….

    • fernando julio barbosa comentou em 26/02/12 at 12:11

      Marcelo a Ferrari merece isso e muito mais, o time italiano prejucou a carreira de pilotos brasileiros.

  13. Marcelo comentou em 26/02/12 at 6:06

    Alguém pode me explicar porque Cevert não atacou o companheiro Stewart durante toda a corrida abaixo(ALE 73)? Cevert sequer colocou do lado ameçando o companheiro na liderança, nem mesmo por brincadeira para enganar quem estavam vendo a prova pela tv.

    Stewart não competiu nesse GP ele deu um passeio, os carros Tyrrel eram superiores, mesmo assim estranhamente Cevert fica alí pertinho de Stewart sem fazer bosta nenhuma.

    Oras, não tem nada de estranho, a ORDEM é clara e direta não pode se INTROMETER no campeonato de Stewart, não pode tirar pontos do líder da equipe, é ele quem esta brigando pelo título com Emerson. Quando assisti essa corrida(video tem ao todo 2h7min), dei risada, já sabia como funcionava a coisa. Imagina se Cevert faz um “bonito” e tira Stewart da prova, Ken Tyrrel pega o novato pelo pescoço!!! A RBR deixou o bicho pegar naquele GP da Turquia 2010, deu no que deu…e teve gente que disse que faltou COMANDO na RBR. Oras, se matém as posições há reclamações, se deiaxam brigar na pista e batem, também tem reclamação…complicado agradar a todos!

    Pra quem não sabe, Fangio em corridas em “duplas” NUNCA cedia seu carro aos companheiros, ele SEMPRE recebia carro de alguém para continuar sua prova, isso se chama FAVORECIMENTO!!!

    1973 F1 Nurburgring Nordschleife
    http://www.youtube.com/watch?v=IhI7ah4nKwQ&feature=player_embedded

    São vários os casos de jogo de equipe, a Mclaren fez isso na cara dura na primeira corrida em 1998, Coulthard foi impedido de vencer seu primeiro GP. Detalhe, ele já tinha entregado uma vitória a D.Hill em 1994 no GP de Portugal, fez isso pra ajudar Hill contra Schumacher.

    Pelo menos 3 vitórias Coulthard entregou para os companheiros antes de vencer sua primeira corrida. Abaixo o GP da AUS 1998, era a primeira corrida do ano, tenha dó Mclaren!!! Foi exatamente como ocorreu entre Alonso e Massa, foi na cara dura e ninguém satanizou a equipe por isso. E muitos falam que a equipe de R.Dennis sempre foi justa, honesta!!! É eu vi a honestidade da mclaren em 2007.

    David Coulthard allows Mika Hakkinen
    http://www.youtube.com/watch?v=aHd8n1D4wkM

    Abaixo JOGO ENTRE EQUIPES INGLESAS(me ajuda aí Seixas), dessa vez entre Mclaren e Williams em 97! Coulthard de novo deixa Mikka passar, mas o mais incrível a Williams manda Villeneuve entregar a vitória a Hakkinen. O campeonato já tava decidido, última corrida do ano era para Coultahrd vencer e não Mikka ele estava na frente do finlandês.

    Ninguém apareceu para defender o escocês nesse GP, muito menos naquele da AUS 98.

    Onde foi parar a ÉTICA da Formula 1 em 73, 97 e 98, onde foi parar a ÉTICA da Tyrrel, Mclaren e Williams?

    F1 1997 European GP: Hakkinen pass Coulthard and Villeneuve
    http://www.youtube.com/watch?v=3RMX9NiBZd0

    Todo mundo fazia jogo de equipe e nenhum piloto europeu ficava na choradeira, só foi dar CONFUSÃO quando teve brasileiro no rolo, e pior, teve choradeira duas vezes.

    Arnoux 82,Piquet 87,Prost 89(com Senna) e Alonso 07 quando perceberam que o companheiro estava sendo favorecido, cairam fora da equipe! Tiveram ATITUDE! Rubinho e Massa, me desculpem mas ficaram acomodados com a situação, o alto salário influênciou sim na decisão de ficar muito tempo na Ferrari.

    Rubinho hoje, não estaria voando de jatinho de luxo de 40 milhões se corresse por outra equipe. Com certeza teria jatinho, mas seria bem mais simples.

  14. Marcelo comentou em 26/02/12 at 5:14

    Nelsinho errou e foi capacho uma vez, pagou muito caro, foi até injusto porque outros se safaram! Vários pilotos aprontaram na F1, e ao invéns de serem julgados da mesma forma, sairam como “heróis”, hiprocrisía é foda!!!

    Pra quem fica “endeusando” pilotos dos passado, lá também existia a lei do mais forte, e mitos como Peterson e G.Villneuve também tiveram seus dias de CAPACHOS! Até o Senna teve que acatar ordens de R.Dennis para deixar Berger vencer, não teve favorzinho ou peninha, Berger ajudou muito Senna em 90 e 91. Quanto a jogar “pesado ou sujo” na pista isso também não era caso isolado, o próprio Senna “aprontou” muuuito dentro e fora das pistas!

    Quanto ao jodo de equipe, quem disse que isso não existia nos anos 80? Quando a ORDEM não estava no contrato, vinha diretamente cara a cara, ou via placas na pista. No final dos anos 70 Peterson foi impedido por contrato de disputar o título, e era comum ver o suéco “grudado” em Andretti, mas ultrapassar nem pensar. Em Monza 79 G.Villeneuve recebeu ORDENS direta no grid de Enzo Ferrari para não atacar Scheckter na prova, Enzo disse na cara dura que aquele título já tinha dono, Villeneuve da largada a bandeirada permaneceu atrás do companheiro, sem forçar ultrapassagem.

    Scheckter e Andretti podiam ter contrato de primeiro-piloto, serem favorecidos, e Schumacher não nos tempos de Ferrari?

    Tirando 88/89 onde Senna não podia “apitar” nada porque tinha um casca grossa do lado, Senna sempre foi primeiro piloto pelas equipe que passou. Quantas vezes Berger ajudou Senna em 90/91/92? Em várias ocasiões Berger era mais rápido, mas não atacava porque sabia que tudo era feito para Senna. E vai querer aprontar, tinha que encarar R.Dennis depois.

    Muitos lembram daquela disputa Villeneuve x Pironi em IMO 82, a Ferrari percebeu que a disputa estava acirrada e podia dar merda…logo colocou a placa de SLOW para ambos pilotos, era o código para manter as posições(tenho essa corrida, e pelo que me lembro a placa foi mostrada justamente quando o francês estava a frente). Pironi não quis saber e venceu a corrida! E ele foi satanizado por tirar a vitória de Villeneuve, ué mas Pironi não podia brigar pela vitória, não é isso que os fãns sempre exigiram? Pironi é massacrado até hoje!!!

    Pois então, e não é que esse “SLOW” se repetiu em 1985 no GP do Canadá? Alboreto e Johansson faziam bela prova pela Ferrari, caminhando para o final da prova, Johansson começou a “voar” na pista, quando chegou no líder Alboreto pra brigar pela vitória…veio a placa SLOW!

    No vídeo abaixo é nítido que Johansson tirou o pé até a bandeirada. Essa vitória fez Alboreto aumentar sua vantagem a Prost, Enzo Ferrari era vivo, o que aconteceria se Johansson fizesse a ultrapassagem em cima de Alboreto? E era começo de temporada, não deixaram Johansson vencer sua primeira corrida.

    F1 1985 FIA Review 05 Canada
    http://www.youtube.com/watch?v=sH6cNwEF5fY

    Outro fato curioso na época, no GP da EUR 85 o líder A.Senna joga “pesado” pra cima de Keke Rosberg, que para evitar batida, acaba rodando e indo com pneu furado para o boxes. Esse tipo de manobra do Senna foi duramente criticado por vários pilotos na época. Mansell pra desviar ficou no guard-rail por duas vezes, na terceira jurou vingança a Senna na mídia. Foi dar o troco naquele GP POR 89, Mansell esperou um campeonato onde Senna estava em posição delicada na tabela, no final acabou ajudando Prost.

    A coisa era decidido entre eles mesmos na pista(ou até fora dela, Senna também tem um vasto histórico de agressões físicas no circo), mas era isso, eles se “peitavam” sem medo das críticas. Schumacher pilotou com alguns desses pilotos em 91/92/93/94, deve ter visto muita coisa. Até normal algumas atitudes dele na pista, se os outros podiam “aprontar”, porque ele não? Ahhhhhh é ele é alemão…não pode, é feio!!!

    Curiosamente Keke volta a corrida como retardatário, justamente a frente de Senna e Mansell. É nítido no vídeo abaixo, que Rosberg não gostou nada da atitude de Senna na pista, ele teria que abrir passagem para Senna e Mansell. Toma outra atitude, “cerca” Senna na pista e quem se aproveita é Mansell que passa Senna(teve um joguinho de equipe aí). Em seguida Keke facilita para Mansell, mas não deixa Senna passar. Keke voltou com pneus novos, esperou seu companheiro abrir uma boa vantagem, para depois descontar essa volta perdida. Ultrapassa Mansell e faz uma corrida fenomenal(como Schumacher fez no Brasil 06), Keke faz uma recuperação incrível e chega em terceiro no pódio.

    SENNA JOGA SUJO E LEVA TROCO DE KEKE ROSBERG – GP EUR 85
    http://www.youtube.com/watch?v=a5g27PZt8gI&feature=youtu.be

    Senna não era nenhum “santinho” na pista como mostra os vídeos abaixo, esse mesmo ano(85), ele fez trapaça pra ficar com a pole no GP de Mônaco.

    SENNA TRAPAÇA EM MONACO 85
    http://www.youtube.com/watch?v=FStK3JlFa8w&context=C3f5387cADOEgsToPDskIXxu1p7hIayS6JlER99KQH

    Senna joga carro de forma suja em cima de Prost lado a lado GP POR 88
    http://www.youtube.com/watch?v=btCNZ8dfRgA&context=C3f5387cADOEgsToPDskIXxu1p7hIayS6JlER99KQH

    SENNA TRAPAÇA, 2º LUGAR (AUS 87) COM FREIOS IRREGULARES, DESCLASSIFICADO!!!
    http://www.youtube.com/watch?v=fzdrpcPE-Tc&feature=context&context=C3f5387cADOEgsToPDskIXxu1p7hIayS6JlER99KQH

    Senna joga sujo depois da largada, ultrapassa Prost quebrando acordo!
    http://www.youtube.com/watch?v=y96Fc8LpSZw&feature=context&context=C3f5387cADOEgsToPDskIXxu1p7hIayS6JlER99KQH

    Irresponsável Senna joga F1 em cima de Prost a mais de 250 km h!
    http://www.youtube.com/watch?v=SdsZ6IDQEaA&feature=context&context=C3f5387cADOEgsToPDskIXxu1p7hIayS6JlER99KQH

    Se o Senna queria tirar o Prost da corrida, que fizesse pelo menos na chicane de baixa velocidade(aquela), um forte acidente desse poderia ter acabado em morte…claro o vilão seria sempre o Prost, vivo ou morto!

  15. Vinicius Barbosa Lima comentou em 25/02/12 at 23:29

    Sou grande admirador de Nelson Piquet (o pai). Quanto ao filho, após o episódio de Cingapura, simplesmente não suporto sequer ouvir falar nele. Por mim estaria fora das pistas.

  16. hermann comentou em 25/02/12 at 23:54

    Eu acho que o dono da equipe deve estar louco da vida.
    Gastaram os tubos para fazer 3 carros, escolheram o Paludo para aparecer, o Piquezinho para ganhar e o americano para dar apoio aos dois ( provavelmente deve ter o direito de ganhar a próxima).
    Tudo ia bem, o Paludo liderou o máximo de volta, o americano empurrou os dois o quanto pode, deu uma liderada só para ganhar uns pontinhos no campeonato e segurou toda uma fila só para o Piquet ganhar o pontinho também e deveria continuar no pelotão do meio economizando combustivel e pneu para o sprint final.
    Ai o Paludo se assustou com a sombra, o Piquet não conseguiu entrar no meio do pelotão e foi para o trono do vale tudo e o coitado do americano ficou sozinho. Pelo menos ele ganhou a corrida da Danna.

  17. francisco comentou em 25/02/12 at 23:32

    O Nelsinho não teve apoio do Pai quando precisou.Lidar com as pressões da F1, sozinho é duro.Todos os pilotos tem apoio da Família full time.Fez essa besteira que custou ao Massa , o título de 2008.Isso foi imperdoável.Depois veio a maldita porca que acertou o cérebro do Massa.Em 2013, Massa estará desempregado.Sua carreira acabou .Isso até o Piquet Pai já previu.
    Correr na Nascar, ou em outras fórmulas Americanas apenas é uma consolação para o Nelsinho.

  18. Claudio comentou em 25/02/12 at 22:38

    A prova ontem foi muito legal, e a dupla brasileira mandou muito bem, tem podio a caminho. Uma outra dupla brasileira que vai dar muitas alegrias é Barrica e Kanaan. Em relação ao desavisados, A fila anda e a vida nos ensina. O Piquet Jr e Barrichello nao correm mais na F1.

    • joel belmonte fialho comentou em 26/02/12 at 9:37

      Apenas para lembrar Catroneves é um bom piloto merece muito em ser campeão
      está na veia dele um campeonato F.indy Canaan já foi campeão e Barrichello ainda está tentando se encaixar nova categoria
      o que é bom para ele , vejam só a 300km
      num oval vai dar o que falar, aí sim ele vai
      mostrar que tem experiencia vai fundo .

  19. Antonio M comentou em 25/02/12 at 22:20

    Não se pode condenar o Nelsinho pelo resto da vida, que tenha aprendido a lição e que pense o quanto se prejudicou e a categoria. E engraçado o brasileiro, bastou ele aparecer um pouco é já começam as comparações e o escambau ….Barrichello e Massa já são melhores do que ele, pelo simples motivo de administrarem muito melhor a carreira e não cometerem esse tipo de burrada que cometeu na F1 ….

    • David siani comentou em 25/02/12 at 22:43

      Vc nunca deve ter pilotado ou concorrido no mundo profissional de nenhum esporte , pois la dentro existem varias situacoes . Falar de personalidade . Quem eh perfeito nao doa primeiro lugar pra ninguem . Ou tem dois pesos e duas medidas em seus conceitos .

    • Josafá comentou em 25/02/12 at 23:04

      A maior burrada de Rubens foi achar que era melhor do que Schumacher e mesmo reclamando pelos 4 cantos ficou 5 anos comendo poeira e raiva na ferrai apenas por dinheiro, não me venha ser patriota, pq isso é ridiculo, reconheça que ele é apenas mediano jamis conseguiu ser campeão.

      • Alex comentou em 26/02/12 at 13:58

        Concordo que esta foi uma grande burrada se pensarmos em termos esportivos, mas também pode ser uma jogada esperta se os termos forem financeiros, vai saber, não é. O Rubinho com certeza é um bom piloto, mas nunca teve o caráter extremamente competitivo do vencer a qualquer custo. Vejam o Schummy e o Senna, que nunca vacilaram em provocar batidas para conseguirem o seu intento, isto é que normalmente molda um campeão. Vão achar ruim falar dos deuses, mas contra fatos não há argumentos, o Senna bateu várias vezes com o objetivo de tirar o outro, vejam Prost e Mansell, e o Schummy também, vejam o Hill e o Villeneuve. Foram grandes pilotos e grandes campeões e com aquele caráter (bom ou ruim) que molda os campeões.

        • ALEXSANDRO comentou em 27/02/12 at 9:10

          Concordo em parte,os acidentes envolvendo o Ayrton são discutíveis já que em 1989 ele não bateu,prost bateu no carro dele,observando as imagens dá pra ver que o Ayrton vai pra grama tentando evitar o toque,e o ayrton foi o único punido neste episódio,não só esportivamente como publicamente pelo diretor da FIA na época(um francês) e em 1990 o acidente foi mesmo uma revanche,foi proposital,embora não aprove,Ayrton queria mostrar o quanto foram injustos no ano anterior tanto que vários reclamaram,ou seja quando é a favor se calam,contra se levantam,Já os acidentes envolvendo o Schummy o acidente de 1994 é aceitável,errado,mas ele saiu da pista e quando voltou acertou a willians,em 1997,nenhuma dúvida tanto que foi punido com a perda de todos os pontos

      • Antonio M comentou em 26/02/12 at 20:46

        Giles Villeneuve, Stirling Moss, Carlos Reutman, Chico Landi e tantos outros que correram na F1 também não forma campeões e daí?! Eddie Irvine correu “sozinho” na Ferrari quando o Shumacker se machucou e foi campeão? Barrichello foi duas vezes vice competindo com e contra Shumacker e ficando à frente dele várias vezes e de atuais campeões mundiais e outros excepcionais pilotos. F1 de verdade não é video game.

  20. José Lyra comentou em 25/02/12 at 22:19

    A F 1 é apenas corrida. A Indy é emoção e competição.

  21. Arthur comentou em 25/02/12 at 20:50

    Uma boa notícia. Mas os dois ainda lutam por patrocínio para continuar correndo. Boa sorte aos dois. E, ufa, você finalmente deixou a F1 um pouco de lado para falar de outras categorias. Muito bom.

  22. Dani comentou em 25/02/12 at 19:46

    Nelsinho volta para a F-1 por favor!, é um desperdício de talento ver você correndo nessas categorias tabajara. Você sim é um Piquet original, não tem nem comparação com o Senna genérico, ao Massa sem expressão e com o Barrichello que estragou de tanto amadurecer. Aproveita e traz o Montoya junto!. Tome proveito de seu lado alemão e tenta uma vaga na Mercedes no ano que vem!.

  23. Antonio Porfírio de Castro Menezes comentou em 25/02/12 at 19:18

    O reboladiço junior é fraco pelo menos como piloto, talvez o Sir inglês, citado por
    Briatore, veja outros talentos nele. Que nunca volte, este alemão disfarçado.

  24. silvio comentou em 25/02/12 at 19:07

    Grande Fabio….é isso ai. E quem não viu a corrida,perdeu um corridaço em Daytona. Um inicio até ali pra metade da corrida morno….e um final alucinante. Paludo largou na ponta e a manteve…pois Nelsinho que largou em segundo, ficou com a parte externa do tri-oval e se deu mau. Assim como tantos outros pilotos que por ali estiveram. J.Buescher companheiro dos brasucas…passou a protejer a retaguarda de Paludo, que sem ser molestado andou na frente o maior numero de vezes da categória em Daytona. Mas pilotar em oval de pé cravado a mais de 300kmh, basta um vacilo e já era corrida. Foi o que aconteceu com Paludo, quando esse viu Nelsinho sair la de traz para assumir a ponta e passou a tambem protejer a liderança do companheiro. Mas vacilou e foi parar no muro. Uma pena, mas saiu ileso o que é mais importante. Na bandeira amarela Nelsinho perdeu a primeira posição e foi obrigado a relargar outra vez no anel externo e mais uma vez teve dificuldades e manter o ritimo e caiu muitas posições. Dai em dinte foi uma sequençia de batidas fortes onde Nelsinho se livrou com habilidade de uma mas não escapou da outra…e teve que abandonar. Mas a Turner Motorsports mostrou ser uma equipe bastante competitiva. O que nos leva a sonhar com essa tão sonhada primeira vitória de um brasileiro em uma ctégoria da Nascar.

    Quanto ao nosso amigo ai de cima [18:28]. Entre no youtube e assista a todas as corridas de 2008 e ai vç volta aqui nos diz se realmente o Massa perdeu titulo por causa do Nelsinho, ou por conta dos seus próprios erros e da equipe Ferrari tambem. O unico prejudicado em Cingapura foi o próprio Nelsinho Piquet. Apesar que vendo o prazer e a alegria com que ele esta la nos EUA…começo a duvidar se realmente ele perdeu algúma coisa em relação a f1.

  25. c.linhares comentou em 25/02/12 at 18:49

    só se o talento herdado do pai fosse pra picaretagem e trapaça. ja a habilidade, nunca chega aos pés estraçalhados de piket senior.

    • Josafá comentou em 25/02/12 at 23:01

      O mal dos pessimos comentaristas aqui no blog é pq nunca comentam com profissionalismo, levam para o lado pessoal.

      • christiano comentou em 26/02/12 at 11:49

        concordo com vc Josafá

      • Alex comentou em 26/02/12 at 13:51

        Também concordo, isto é papo de torcedor frustrado, mas fazer o que, a internet é um meio livre para se expressar opiniões, quer sejam inteligentes e sobrias ou apaixonadas e portanto não muito inteligentes.

      • Pereira comentou em 27/02/12 at 0:19

        Eu acho que não deu tempo para Piquet Jr., na F1, mostrar sua qualidade de piloto (seja ela qual for).
        Mas eu lamento profundamente que, por um erro do passado, alguns internautas desejem o fracasso eterno do piloto. Ele já pagou pelo erro, meus caros. Seu sonho de ser campeão de F1 morreu para sempre. Na minha opinião, uma punição justa, e que não é pouca coisa não.
        Mas agora é bola pra frente, caramba.

  26. Rafael Alves comentou em 25/02/12 at 18:08

    Queria também dar um destaque à segurança dos carros da NASCAR, quem não viu o acidente do Paludo, procurem no youtube ou no site da NASCAR. Foi uma batida frontal muito forte. E o Miguel saiu andando do carro! Se fosse na Stock Car Brasil tenham certeza de que seria mais um morto.

  27. fernando julio barbosa comentou em 25/02/12 at 18:05

    Piquet jr, pena que não teve personalidade no caso cingapura, de 2008 se estivesse na f1 hoje acredito que estaria pilotando o carro lotus.

    • joel belmonte fialho comentou em 25/02/12 at 18:28

      Devo concordar com vc,nelsinho foi infantil,sendo comandado por Briatore que
      fã de Alonso , mandou jogar a carro na curva e por um triz na se machucou feio, e
      só serviu para manchar os pilotos o Brasil Massa perdeu o titulo em 2008 não dá pra esquecer. isto agora não faz diferença
      formula 1 nunca mais ,ficou ridiculo para os fãs este eposódio e não há como recuperar tempo perdido .

    • David siani comentou em 25/02/12 at 22:38

      Dificil julgar um garoto , que corria com material inferior ao do parceiro um campeao mundial , em uma equipe que precisava mostrar resultados para patrocinadores, com um chefe polemico mafioso e maluco. Fora a pressao que vinha de fora da torcida do seu nome , e de seu proprio pai . Tomar uma decisao dentro de um cockipit, a 300 km por hora na primeira corrida da historia noturna, com ameca de demissao . Dificil julgar alguem nessas condicoes . E ele provou que mesmo com a cabeca abalada ., na corrida seguinte em fuji chegou em 4 lugar . Acho que ele foi a maior joia desperdicada da F-1 .

    • Alex comentou em 26/02/12 at 13:49

      Esta história do Nelsinho não é muito bem pensada. É difícil se imaginar na pele dele e naquela situação. É fácil se criticar quando se está apenas vendo pela TV (e que TV, a tal da Globo). A F1 nunca foi uma coisa limpa e criticá-lo é uma coisa muito fácil. Por que não se critica o “grande” alemão, que jogou um carro batido em cima do Hill e foi campeão por isto. O mesmo cara podia “ter matado o Damon Hill”, não é? Papo, a coisa é muito mais feia na realidade. O Massa criticava o Rubinho por ter deixado o Schummy passar e pouco tempo depois ele era obrigado a deixar o Alonso passar. Pelo menos uma coisa foi dita que é real, o Nelsinho com certeza é muito mais piloto do que o Massa e o Rubinho juntos, pena que ele estava na equipe errada, como tantos outros. Infantil que nada, ele era um piloto contratado por um cara mafioso, que notavelmente não presta e ficou na mão do mesmo.

      • David comentou em 26/02/12 at 14:16

        Um Homem é reconhecido pelas decisões que toma nas horas difíceis. Hoje em dia se passa à mão na cabeça e tudo bem, esta atitude cria valores errados. É verdade, o Schumacher teve uma atitude deplorável mas ficou na F1 por causa do seu talento o que não é o caso do Nelsinho, este apenas um piloto comum. O Problema é que o brasileiro pela paixão e muitas vezes inflamado pela globo não aceita que os representantes daqui sejam apenas regulares e ficam achando desculpa para suas fracas performances! Piquet pai, Senna tio e Emerson vão demorar à ter companhia na estante de trofeus!

      • Renato comentou em 26/02/12 at 15:33

        Caráter, personalidade e honestidade: ou vc tem ou vc não tem.
        O resto é desculpa vazia.

        • Marcelo comentou em 27/02/12 at 11:18

          Realmente, não meio termo.

  28. Rafael Alves comentou em 25/02/12 at 18:05

    Assisti a corrida até o final e quase tive um colapso nervoso! Paludo pilotou como se já estivesse há anos na categoria! Piquet ainda precisa aprender a sair bem nas relargadas e controlar o psicológico nas últimas voltas pois de novo, ele errou num momento decisivo! O que me deixa entusiasmado é que a Turner parece ter um truck muito rápido, pois os 3 carros da mesma equipe disputaram a vitória até o fim com Paludo, Piquet e Buescher. O que significa que será frequente a briga pela vitória ao longo do campeonato!

  29. Adriano comentou em 25/02/12 at 17:49

    Eu assisti a corrida hontei foi muito boa , passa muita emoção pra quem ta assistino , comecei a ver as corridas da nascar faz 1 ano e aconhecer os pilotos e torcer por alguns deles . o que falta em emoção na f1 na nascar sobra. Mas fazer o que sou um viciado em f1 que começe logo esse campeonato nao aguento mais esperar abs.

  30. Josafá comentou em 25/02/12 at 17:42

    Nelsinho pra mim herdou o talento do pai, apenas tava na f1 na hora errada, pelo que me lembro, apesar do carro ser inferior ao do Fernando Alonso, ficava no maximo a 0,3 do espanhol, e algumas vezes era mais rapido, na minha opinião ele é muito melhor do que massa e Barrica.

    • Eduardo Schmidt comentou em 29/02/12 at 9:50

      Josafá… “ficava no máximo a 0,3s do espanhol”, aí vc exagerou e muito meu amigo!!!! Pra vc ficar sabendo todos os resultados de P1, P2, P3, Q1, Q2, Q3, e das corridas estão disponíveis no site oficial da F-1!!!!

      Talento realmente Nelsinho tem e demais, com o restante concordo em td, esteve na hora errada, equipe errada e queimou uma carreira que poderia ter sido muito bem projetada na F-1…com certeza ele seria muito, mais muito competitivo mesmo e hj ainda estaria lá…sem precisar pagar nadinha nadinha…

Publicidade
Publicidade

Folha Shop